O Evento Ruby on Rails no Mundo Real

O Evento Ruby on Rails no Mundo Real (http://www.temporealeventos.com.br/?area=130), organizado pelo Guru-SP, ocorreu nesse sábado dia 29/05. Essa foi a segunda edição do evento inspirado pelo sucesso do primeiro em 2009. Foram mais de 200 pessoas no evento interessadas em Ruby, fazer contatos e reencontrar amigos.

É sempre interessante citar que o Guru-SP começou em um primeiro encontro de 3 pessoas (Pothix, Marcelo Castellani e Hugo Borges) e hoje encontros menores ocorrem mensalmente reunindo em torno de 50 pessoas.

Não faltou elogios para as palestras e os comentários estão no twitter com as hashtags #rubyreal2010 e #horaextra

Após o termino dos sorteios e encerramento, é hora do já consagrado #horaextra. A galera se reuniu no O’ Malleys não demorou para aparecer
uma bandeja de pint de Guinness. Até código rolou no bar quando encontramos Tomas D’Stefano comentando sobre seu projeto Morpheus
(http://github.com/tomas-stefano/morpheus)

Alguns slides já foram disponibilizados:

Cassio Marques:
http://www.slideshare.net/cassiomarques/refatorao-design-patterns-em-ruby
Marcelo Castellani:
http://www.slideshare.net/mfcastellani/aplicacoes-para-celular-com-ruby

Hugo Barauna:

http://www.slideshare.net/hugobarauna/o-que-h-de-novo-no-rails-3

Douglas Campos e Thiago Scalone:

http://www.slideshare.net/qmx/batch-escalando-um-sistema-sem-fermento

Todo evento foi filmado e Hugo Borges (http://twitter.com/agaelebe) disponibiizará os vídeos no blip.tv

Fotos estão disponíveis aqui:
http://picasaweb.google.com/gurusp.org/Rubyreal2010#

Anúncios

Livre-se do seu Débito

Technical debt (Débito Técnico) é um problema muito comum nos times de desenvolvimento de Software. Geralmente é algo muito simples que você deixa pra resolver depois, porém pode cair no esquecimento e é aí que o débito pode se transformar em um grande problema.

Os débitos técnicos afetam tudo em nosso trabalho pois mata a produtividade, cria defeitos, prejudica a leitura do código e muito mais. Esses problemas são muitas vezes visíveis somente pelos desenvolvedores, portanto não devemos esperar ordens para tirá-los da prateleira. Débitos devem ser mensurados e priorizados junto às outras tarefas.

Um dos débitos mais comuns são as duplicações de código. Refatore o código o quanto antes!. Outra situação, se você cair na necessidade de duplicar o código, então está na hora de melhorar seu design. Devemos seguir sempre o DRY.

Os times ágeis costumam usar cartões nos quadros para que os débitos técnicos estejam sempre visíveis e não caiam no esquecimento. Aproveite a dica. 🙂

Agile 2008 Conference

Está acontecendo essa semana o evento Agile 2008 Conference em Toronto/Canada. Quem quiser saber mais detalhes o Guilherme Chapiewski está comentando no blog dele.

Demorou!

Demorou mais saiu! Dei uma pausa nas prioridades e agora vou dedicar tempo para o blog. Futuramente (a curto prazo, espero ) vou disponibilizar o blog em Inglês também. Espero que seja proveitoso para alguém 🙂

Publicado em Sem Categoria. Tags: . Leave a Comment »